sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

DOIS GOLES



"CELULAR DEVERIA VIR COM BAFÔMETRO"

Frase de amiga arrependida por mais uma daquelas ébrias ligações feitas para a pessoa errada, na hora errada, mas do lugar certo: o bar, claro.


...


MEU DEUS

- Será que o Kaká vai mesmo aceitar aquela oferta milionária do Sheik pra mudar de clube?

- Sei lá, mas.. porra, ele não é tipo religioso fervoroso? E Deus não prega a não-ostentação e o voto de pobreza pra atingir o Reino dos Céus, essas coisas?

- Não, o deus dele é outro, quer ver o Kaká montado na grana pra que possa comprar sua vaguinha nesse mermo Reino dos Céus – mas deixando 10% pro bispo primeiro, claro.

- Entendi. Enquanto isso, o bicho continua pegando na Faixa de Gaza, com nego querendo provar que o seu deus - que não é o do Kaká e nem o do Sheik - é mais divino que o do vizinho.

- É, por aí.

- Porra, é muito deus pra pouco amor. É por isso que eu sou ateu.

- Cara, não diga uma coisa dessas, que heresia... por que não seguir ao meu deus?

- Qual?

- Baco, deus do vinho e da folia.

- Opa! Mas a esse deus aí eu sou fiel faz tempo! Sou servo da cerveja.

- Cachaçólico alcoólico romano.

...

Marcus Losanoff

2 comentários:

carulina disse...

muito deus pra pouco amor, pouca lingação e pouca binzita.

frasista e alarmista disse...

aquele bife tava bom à vera. =)